TRIBUNA POPULAR

Associação pede apoio a fibromiálgicos

Movimentações no Plenário. Na foto, os representantes da ANFIBRO, Daniel Lenz e Caren, e a presidente Mônica Leal.
Karen Cunha e Daniel Lenz, da Anfibro, com a vereadora Mônica Leal (PP)(Foto: Débora Ercolani/CMPA)

Foi na sessão desta segunda-feira (13/5), no espaço destinado à Tribuna Popular. Pela Associação Nacional de Fibromiálgicos e Portadores de Doenças Crônicas (Anfibro), Caren Cunha pediu a aprovação do projeto que garante o uso de vagas preferenciais em filas e estacionamentos a pessoas com a doença. Explicou que a fibromialgia provoca dores fortes pelo corpo o tempo todo - mesmo durante o sono - e ainda sintomas secundários como fadiga, síndrome do intestino irritável, sensibilidade ao frio e problemas cognitivos. Porém, segundo ela, nenhum desses sintomas faz como que o fibromiáglico sofra tanto quanto ter uma doença que se esconde atrás de um corpo sadio. Também representando a Anfibro, Daniel Lenz referiu que mais de 200 municípios no país aprovaram projetos em apoio a esse grupo, dos quais mais de 90 foram aprovados e 40, já transformados em lei. Da tribuna, ele também reforçou a importância de políticas públicas que promovam maior qualidade de vida aos fibromiálgicos. Doença crônica generalizada, a fibromialgia atinge atualmente cerca de 5 milhões de brasileiros. Confira a íntegra da Tribuna Popular. 

Texto

Assessoria de Rádio

Edição

Andreia Bueno (Reg. Prof. 8148)

  • Tribuna Popular