PLENÁRIO

Câmara aprova política de transparência na cobrança do IPTU

Movimentações de plenário. Na foto, na tribuna, o vereador Felipe Camozzato.
Vereador Felipe Camozzato(Foto: Giulia Secco/CMPA)

Disponibilizar os valores arrecadados a título do IPTU por bairro, as variáveis e os valores que compõem o cálculo total do tributo cobrado individualmente pela internet. É o que visa o projeto do vereador Felipe Camozzato (NOVO) aprovado hoje (11/2) por unanimidade na Câmara. Além disso, devem ser divulgados os meios legalmente previstos para a impugnação do lançamento da cobrança. Conforme o vereador, a proposta cria mecanismos para uma transparência ativa da administração tributária municipal.

  • Ver. Aldacir Oliboni (PT)

  • Ver. Airto Ferronato (PSB)

  • Ver. Prof. Alex Fraga (PSOL)

  • Ver. Cassiá Carpes (PP)

  • Ver. Professor Wambert (PROS)

  • Ver. Marcelo Sgarbossa (PT)

  • Ver. Idenir Cecchim (MDB)

  • Ver. Adeli Sell (PT)

  • Ver. Felipe Camozzato (NOVO) - Autor