Sessão Solene

Correio do Povo recebe Comenda Porto do Sol

Sessão Solene de outorga da Comenda Porto do Sol ao Jornal Correio do Povo. Na foto: Da esc. vereador Alvoni Medina, diretor presidente do Jornal Correio do Povo Sidney Costa e o vereador José Freitas.
Sidney Costa (c) recebe Comenda entregue por Alvoni Medina (e) e José Freitas(Foto: Jeannifer Machado/CMPA)

Por proposição do vereador Alvoni Medina (Republicanos), a Câmara Municipal de Porto Alegre concedeu, nesta terca-feira (8/10), a Comenda Porto do Sol ao jornal Correio do Povo. A homenagem visou destacar a história do jornalismo que a empresa realiza há 124 anos, bem como é um reconhecimento ao mérito e à continuidade dos serviços prestados ao povo gaúcho.

O proponente contou um pouco da história da empresa jornalística, que surgiu dois meses após o término da Revolução Federalista, em 1895. Também conhecido como “O Róseo”, por trazer em suas páginas a cor que misturava o branco chimango e o vermelho maragato, provava ser, conforme o desejo de seu fundador Caldas Júnior, um jornal imparcial, atingindo assim todas as massas. “Procurando firmar uma posição de alheamento partidário, em seu primeiro número, o jornal declarava-se “independente, nobre e forte” e prometia não se deixar escravizar por “cogitações de ordem subalterna”.

Conforme o vereador, foi através da sua trajetória que conseguiu crescer e conquistar o carinho do povo rio-grandense e manter a postura com a tradição e a imparcialidade que lhe são tão características. “É uma honra para esta Casa poder reconhecer a história e o trabalho que vem realizando ao longo dos anos, é uma homenagem merecida, parabéns.”

Homenageado

O editor-chefe do Correio do Povo, Telmo Flor, agradeceu em nome da empresa a honraria e homenageou o funcionário Deroci Euzébio da Silva, presente à solenidade e que trabalha há 40 anos no jornal. Para Telmo, Deroci representa o espírito de esforço e dedicação da empresa, juntamente com todos os funcionários que trabalham no Correio. “É uma grande oportunidade de reafirmar um compromisso essencial com a democracia.”  

Telmo ainda disse que a Câmara Municipal é uma das protagonistas das páginas do Correio do Povo para reafirmar a consolidação dos princípios estabelecidos de forma permanente de ética e de compromisso com a verdade e com a população em geral.

O diretor presidente do Correio do Povo, Sidney Costa, também destacou o grupo de jornalistas e funcionários que integram o Correio do Povo e contribuem para que o jornal se modernize e cresça a cada dia. “Essa congratulação é uma homenagem também à população que confia no nosso trabalho."

Também participaram da solenidade o vice-prefeito, Gustavo Paim, e os vereadores José Freitas (Republicanos), Idenir Cecchim (MDB), Lourdes Sprenger (MDB) e Reginaldo Pujol (DEM), bem como a secretária estadual de Comunicação, Tânia Moreira, representando o governador Eduardo Leite, e o deputado estadual Sérgio Peres.

Trajetória

Pela inovação, em 1910, o jornal trouxe a primeira impressora rotativa do Rio Grande do Sul e foi um dos primeiros jornais brasileiros a trabalhar com o jornalismo literário em seus artigos. Em 1915, surgiu o Almanaque do Correio do Povo, anuário distribuído gratuitamente aos assinantes, aproveitando os recursos de uma rotativa Marinoni, adquirida na Europa, que possibilitava a impressão de 48 páginas, em cores.

Desde 1946, tem a sua redação instalada no Edifício Hudson, um dos gigantes históricos do Centro de Porto Alegre. Em 1952, ano em que surgiu o curso de jornalismo da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), o Correio do Povo era o jornal de maior tiragem e mais influente no Estado do Rio Grande do Sul desde o final do século XIX. Sobreviveu a uma crise que chegou a paralisar suas atividades entre 1984 e 1986, quando ressurgiu repaginado e fortalecido pelo clamor popular.

Em março de 2007, o Correio do Povo passou a fazer parte do Grupo Record, juntamente com outras empresas do grupo, a TV Guaíba e as rádios Guaíba AM e FM. Em outubro de 2009, estreou o seu novo site e, com ele, passou a ter a atualização do noticiário em tempo real e a edição digital do mesmo com acesso livre e gratuito a todos os internautas. Já no ano seguinte, o Jornal Correio do Povo passou a ser impresso totalmente em cores, com rotativas modernas vindas da Alemanha, juntamente do seu novo projeto gráfico moderno. Em outubro de 2015, na ocasião dos seus 120 anos, o Correio modernizou e renovou seu projeto gráfico, mantendo o mesmo compromisso da época de sua fundação.

Tecnologicamente atento, em 2016, foi o primeiro jornal brasileiro a utilizar-se de recursos de realidade aumentada na geração de seu conteúdo. Hoje, acompanha o seu leitor no tradicional formato impresso ou no moderno formato digital, por meio da sua edição flip, e nas plataformas digitais com o seu portal e o seu aplicativo de notícias.

Texto

Priscila Bittencourte (reg. prof. 14806)

Edição

Carlos Scomazzon (reg. prof. 7400)

Tópicos:Porto do SolComendaCorreio do Povo