- Atualizada em 17/04/2018 18:31

Fiep destaca os 10 anos de trabalho voluntário

Tribuna Popular. Trabalho da Federação Internacional de Educação Física e os dez  anos dos Professores de Educação Física sem Fronteiras no Brasil e no RS. Na foto: delegado da Fiep-RS, Everton Luís Deiques
Professor Everton Deiques, delegado regional da Fiep(Foto: Leonardo Contursi/CMPA)

A Câmara Municipal de Porto Alegre recebeu, na Tribuna Popular desta segunda-feira (16/4), a Federação Internacional de Educação Física (Fiep) para tratar do trabalho desenvolvido pelos Professores de Educação Física Sem Fronteiras no Brasil e no Rio Grande do Sul. Em nome da entidade, o professor Everton Luís Deiques, delegado regional do Estado, destacou o avanço que projeto voluntário tem alcançado pelo país. O responsável pela iniciativa foi o vereador João Bosco Vaz (PDT).

A Fiep, sigla francesa de Fédération Internationale d’Education Physique, é uma organização mundial voltada para o desenvolvimento de atividades físicas para formação de profissionais da área. Conforme Deiques, a Fiep possui diversos projetos de capacitação de professores, como o Professores de Educação Física Sem Fronteiras. Ele explica que a iniciativa já consta em 136 países e conta com 33 divulgadores ao todo em âmbito estadual. Uma prática que, segundo ele, também fomenta pesquisas e workshops realizados pelos profissionais. “O projeto da Fiep tem quase 11 anos de história. Os profissionais pagam suas passagens e alimentação para chegar ao outro lado do mundo para ministrar cursos voluntariamente”, declarou o professor.

De acordo com a instituição, o Professores Sem Fronteiras completa 10 anos em 2018 e já passou por todos os estados brasileiros. Deiques ressaltou ainda que os intercâmbios feitos pela entidade servem para levar as experiências dos professores para acadêmicos. Para ele, os professores que atuam no projeto merecem mais reconhecimento pelos serviços prestados. “Um bando de heróis”, declarou. Segundo o professor, os cursos ministrados gratuitamente pelos profissionais desenvolvem cada vez mais a atividade de educação física pelo mundo.

Texto de: Munique Freitas (estagiária de Jornalismo)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)