- Atualizada em 17/04/2017 13:53

Frente em Defesa da Pessoa Idosa é instalada

Direitos, qualidade de vida, respeito e valorização serão defendidos pelos vereadores.

  • Primeira Reunião da Frente Parlamentar do Idoso. Na foto, da esquerda para à direita, os vereadores Mendes Ribeiro, Alvoni Medina, o Secretário Municipal de relações Institucionais, Carlos Simões e os vereadores Oliboni e Matheus Ayres.
    Vereadores e convidados iniciaram os trabalhos nesta sexta-feira (Foto: Henrique Ferreira Bregão/CMPA)
  • Primeira Reunião da Frente Parlamentar do Idoso. Na foto, o vereador Dr. Goulart.
    O presidente e o vice-presidente da Frente, Alvoni Medina e Dr. Goulart (d)(Foto: Henrique Ferreira Bregão/CMPA)

A Câmara Municipal de Porto Alegre instalou, na manhã desta sexta-feira (7/4), a Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa Idosa. Presidida pelo vereador Alvoni Medina (PRB), a Frente vai defender políticas públicas em benefício da qualidade de vida, do respeito e da valorização dos cidadãos com mais de 60 anos.

A gestão da Frente, formada por vereadores e representantes da sociedade civil, terá sistema de rodízio anual entre os parlamentares. Neste primeiro ano, Alvoni Medina é o presidente; o vereador Dr. Goulart (PTB), o vice-presidente; e o vereador Mendes Ribeiro (PMDB) assume como secretário. Conforme Medina, "a Frente será uma ferramenta permanente de diálogo, defesa e promoção dos direitos dos mais de 240 mil idosos desta Capital".

De acordo com Dr. Goulart, "a sociedade não pode subestimar os idosos, a sua representatividade e tudo que os envolve". Ele destacou que "existem preconceitos diante das limitações oferecidas pelo tempo de vida do ser humano". Goulart ainda reivindicou a efetividade da lei de sua autoria que prevê o Cartão Saúde do Idoso.

Mendes Ribeiro ressaltou a importância do trabalho em defesa dos idosos, lembrando que "atuar em prol de políticas e efetivas ações promove um futuro melhor a todas as gerações, especialmente aos jovens de hoje".

Mais de 50 idosos participaram do ato de instalação. Questões sobre envelhecimento ativo, saúde, acessibilidade, violência, direitos, abandono e serviços aos idosos foram sugeridas como prioritárias às atividades da Frente Parlamentar.

Também estiveram presentes os vereadores Aldacir Oliboni (PT) e Matheus Aires (PP); representantes do Conselho Municipal do Idoso (Comui), da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, da Secretaria Municipal de Relações Institucionais e Articulação Política, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Associação Nacional de Aposentados e Pensionistas da Previdência Social, da Associação Brasileira em Defesa dos Usuários de Sistemas de Saúde (Abrasus), do Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (Sindhospa), profissionais especializados na área de atendimento aos idosos e grupos de idosos estabelecidos em diferentes bairros da cidade.

Por sugestão do ex-secretário municipal adjunto do Idoso, André Canal, e com o apoio dos presentes, a próxima reunião da Frente Parlamentar em Defesa da  Pessoa Idosa ocorrerá às 10 horas do dia 12 de maio, para tratar das filas para atendimento em Postos de Saúde.

Texto: Angélica Sperinde (reg. prof. 7862)
Edição: Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)