Pauta

João Antônio Dib recebe Troféu Câmara Municipal de Porto Alegre nesta terça

Além de engenheiro civil, Dib é ex-prefeito da capital e exerceu a vereança por 10 legislaturas

Instalação da Frente Parlamentar em defesa do DMAE, iniciativa do vereador Mauro Zacher. Na foto, o ex-vereador e ex-prefeito João Dib.
Ex-prefeito e ex-vereador, Dib receberá homenagem da Câmara da capital(Foto: Luiza Dorneles/CMPA)

O ex-vereador da Capital, por 10 legislaturas, e engenheiro civil João Antônio Dib, receberá o Troféu Câmara Municipal de Porto Alegre, em sessão solene no Legislativo Municipal, na tarde desta terça-feira (3/12). Aberta ao público em geral e agendada para iniciar às 15 horas, a cerimônia será realizada no Plenário Otávio Rocha. A homenagem foi proposta poela vereadora Mônica Leal (PP), atual presidente da Casa. 

Natural de Vacaria, no Rio Grande do Sul, Dib nasceu no dia 24 de julho de 1929. Em 1956, graduou-se em Engenharia Civil pela Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). Como servidor público municipal, foi topógrafo no Serviço de Habitação Popular, em 1952; fiscal da Administração da Limpeza Pública, em 1954; auxiliar de estatística da Divisão de Transportes Coletivos, em 1955; assistente técnico do Setor de Obras por três datas; assessor engenheiro do gabinete do prefeito, de 1965 a 1971; diretor do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae), em 1968 e de 1975 a 1976; entre outros cargos.

Vida Pública

No Poder Executivo Municipal, Dib exerceu a administração da Capital como prefeito eleito pela Assembleia Legislativa do Estado, no período de 7 de abril de 1983 a 1º de janeiro de 1986. Já no Poder Legislativo de Porto Alegre, além ter ocupado a vereança em suplência, na VIº legislatura, de 1969-1972, também elegeu-se como vereador da VIIª à XVª legislaturas, nos respectivos períodos: 1973-1976; 1977-1982; 1983-1988; 1989-1992; 1993-1996; 1997-2000; 2001-2004; 2005-2008 e 2009-2012. 

Na Câmara, Dib ocupou diversos cargos. Foi presidente de 2 de janeiro de 2003 a 5 de janeiro de 2004; integrante da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), de 1971 a 1972 (enquanto suplente); vice-presidente da Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e do Mercosul (Cefor), em 2002 e de 2009-2010; presidente da Cefor, em 2005 e em 2012; e vice-presidente da Comissão de Educação Cultura, Esporte e Juventude (Cece), em 2008.

Texto

Bruna Schlisting Machado (estagiária de Jornalismo)

Edição

Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)