Cultura

Lembranças no Lago Dourado chega ao Teatro Glênio Peres

Os ingressos, que são gratuitos, estão disponíveis no Memorial da Câmara Municipal de Porto Alegre

  • Apresentação do espetáculo "Lembranças no Lago Dourado" na IV Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres.
    A peça propõe uma reflexão sobre a existência humana e os desafios da velhice(Foto: Andielli Silveira/CMPA)
  • Apresentação do espetáculo "Lembranças no Lago Dourado" na IV Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres.
    Dois amigos se reencontram em uma casa de repouso na zona sul de Porto Alegre(Foto: Andielli Silveira/CMPA)

A peça Lembranças no Lago Dourado é a próxima atração da IV Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres, promovida pela Câmara Municipal de Porto Alegre. Com entrada gratuita, o espetáculo terá duas sessões: nesta sexta-feira e neste sábado (10 e 11 de agosto), às 19 horas. No sábado, haverá tradução simultânea em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Os ingressos já estão disponíveis. Classificação indicativa de idade: 12 anos. 

As entradas devem ser retiradas na Seção de Memorial da Câmara (Avenida Loureiro da Silva, 255, térreo), das 9 às 17 horas, ou cerca de meia hora antes do início das duas apresentações no saguão do Teatro Glênio Peres, que fica no 2º piso do Legislativo da Capital. Informações: (51) 3220-4318 ou 3220-4187. O estacionamento também é gratuito.

A peça

Com direção de Nora Prado, a peça trata da história de dois grandes amigos, Ramiro e Bernardo, que se reencontram, depois de muitos anos, na casa de repouso Lago Dourado, na zona sul de Porto Alegre. Ramiro, que desconhece ter um aneurisma cerebral, é levado até o local pela sobrinha Juliana (Ciça Reckzieguel), para viver o tempo que lhe resta na companhia do melhor amigo. 

A retomada da convivência entre Ramiro (Paulo Vicente) e Bernardo (Claudio Benevenga) faz com que eles encarem a velhice, suas limitações, as doenças e o confronto com a própria morte, refletindo sobre a existência humana. Mas o reencontro também traz à tona lembranças dos anos dourados da infância e da juventude que passaram juntos numa cidade do interior, tudo com muito humor, lirismo e poesia. De forma delicada, o texto aborda temas como amizade, medo, amor, adaptação, tabus do sexo na terceira idade, frustrações e a vontade de continuar a viver. 

O espetáculo estreou em fevereiro deste ano, no Teatro do Sesc, dentro do festival Porto Verão Alegre. Foi o primeiro trabalho de direção da atriz Nora Prado, filha dos artistas plásticos Vasco Prado e Zorávia Bettiol.

Ficha Técnica

Texto: Nora Prado, Paulo Vicente, Claudio Benevenga e Ciça Reckzieguel
Direção: Nora Prado
Elenco: Paulo Vicente (Ramiro), Claudio Benevenga (Bernardo) e Ciça Reckzieguel (Madrinha, Thelma, Celeste, Cleide, Juliana, Priscila e Neuza)
Cenário: Fiapo Barth
Figurinos: Rô Cortinhas
Direção musical e trilha sonora: Everton Rodrigues
Iluminação: Anilton Souza e Mauricio Moura
Operação de dom: Rubia Esmeris
Produção executiva: O grupo

Programação

Confira as próximas atrações da IV Mostra do Teatro Glênio Peres (aberta no último dia 3/8), que, até dezembro, reunirá 14 espetáculos de teatro (adulto e infantil), dança, música e circo:

Agosto

Dias 10 e 11 – 19 horas – Lembranças no Lago Dourado (teatro adulto) – 12 anos
Dias 17 e 18 – 19 horas – As Tubas (música) - Livre
Dias 24 e 25 – 19 horas - Bundaflor, Bundamor (dança) – 14 anos
Dia 31 – 15 horas – Chapeuzinho Vermelho (teatro infantil) - Livre

Setembro

Dia 1º - 15 horas – Chapeuzinho Vermelho (teatro infantil) - Livre
Dias 14 e 15 – 15 horas - O Hipnotizador de Jacarés (circo) – Livre
Dias 28 e 29 – 19 horas – Às Vezes, Eu Kahlo (dança) – 12 anos 

Outubro

Dias 5 e 6 – 19 horas - Pequeno Trabalho para Velhos Palhaços (teatro adulto) – 12 anos
Dias 19 e 20 – 19 horas – Espaço Arcabouço (circo) – Livre
Dias 26 e 27 – 19 horas – Alexandre Vieira e Banda (música) – Livre

Novembro

Dias 9 e 10 – 19 horas – Qual a Diferença entre o Charme e o Funk (teatro adulto) – 14 anos
Dias 23 e 24 – 19 horas - Velha Guarda da Praiana (música) – Livre
Dia 30 – 19 horas – Poéticas sobre Morte/Tempo/Vida (dança) – 12 anos

Dezembro

Dia 1º – 19 horas – Poéticas sobre Morte/Tempo/Vida (dança) – 12 anos
Dias 14 e 15 – 19 horas – Luminoso: Elias Barboza Quinteto (música) – Livre

Texto e edição: Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)