Plenário

Músico da OSPA ganhará Diploma Honra ao Mérito

Movimentações de plenário. Na foto, na tribuna, o vereador Mendes Ribeiro.
Vereador Mendes Ribeiro (MDB) é o autor do projeto(Foto: Giulia Secco/CMPA)

Está em tramitação, na Câmara Municipal de Porto Alegre, projeto de resolução de autoria do vereador Mendes Ribeiro (MDB) que concede o Diploma Honra ao Mérito a Mauro Luiz Gaspary Rech. Natural de Santa Cruz do Sul, Mauro é advogado, músico e professor de música da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, onde atua há 45 anos, sendo o mais antigo membro da OSPA.

Em 1973, Mauro ingressou na OSPA, orquestra mais antiga do país em atividades ininterruptas, na qual integra o naipe dos primeiros violinos. Aos 23 anos de idade, foi vencedor do primeiro Concurso Nacional de Música de Câmara de Piracicaba, em São Paulo, executando obras de Paganini e Kreutzer. Desde 1982, é professor da classe de violino da Escola de Música da OSPA – Conservatório Pablo Komlós –, voltada a ensinar música, gratuitamente, a crianças e os jovens com idade de 8 a 25 anos. Trata-se da única instituição de ensino para formar músicos de orquestra no Estado, oferecendo a estudantes de baixa renda a oportunidade de profissionalização na área. Suas ações educativas também interferem na formação de ouvintes, cumprindo um papel importante na democratização da educação e cultura no Rio Grande do Sul.

Como músico e professor, Mauro participa da programação da OSPA, que é constituída, entre outras, pelas séries Theatro São Pedro, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Igrejas, Araújo Vianna, Interior, Música no Museu, Didáticos e concertos especiais, bem como participou como músico convidado das orquestras de câmara da OSPA, Orquestra Sesi/Fundarte, projeto do Serviço Social da Indústria  e da Fundação Municipal de Artes de Montenegro, sinfônica do Serviço Social do Comércio (Sesc) e sinfônica da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Foi, ainda, integrante da Orquestra Filarmônica da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), onde atuou também como spalla, e com a qual participou da gravação de vários CDs.

Texto: Matheus Lourenço (estagiário de Jornalismo)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)