Projeto prevê Título de Cidadão ao fundador do curso Fleming

Vereador Idenir Cecchim na tribuna
Vereador Idenir Cecchim (PMDB), autor da proposta(Foto: Tonico Alvares/CMPA)

Está em tramitação, no Legislativo municipal, o projeto de lei que concede o Título de Cidadão de Porto Alegre ao médico Jorge Inácio Szewkies “em reconhecimento à sua destacada atuação nas áreas social, da saúde e da educação, em prol da nossa sociedade”, afirma o autor do PL, o vereador Idenir Cecchim (PMDB).

Nascido em Buenos Aires em 23 de fevereiro de 1952,  Szewkies  mudou-se para o Brasil aos 10 anos de idade. Formado em Medicina pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), especializou-se em Psiquiatria pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e fez doutorado em Medicina pelo Departamento de Psicoterapia da Universidade de Ulm, Alemanha. Lecionou disciplinas na área da saúde mental nos cursos de graduação e pós-graduação médica e criou o curso de pré-vestibular Fleming, especializado em Medicina, no ano de 2003. Além disso, é docente adjunto dos cursos de Medicina e especialização em Clínica Psiquiátrica da Ulbra e sócio efetivo da Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul.

O médico ainda possui artigos publicados no livro Psiquiatria: Informações Científicas para o Leigo, da Editora Conceito, escrevendo sobre A pessoa desconfiada e brigona, e, na obra da Bibliografia Maria da Penha – Violência contra a mulher no Brasil e da Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, tratando sobre Violência sexual contra crianças e adolescentes: um comentário.

Conforme Cecchim, pelo perfil motivacional e por buscar o aprimoramento constante da qualidade da educação, Szewkies recebeu, em 2015, o Diploma Amigo do Colégio Militar de Porto Alegre por contribuir com o ensino da instituição. "Assim, o médico merece receber o reconhecimento da Casa pelo seu empreendedorismo e excelente metodologia pedagógica que a tantos favorece, mas também pelo seu espírito cívico e sua urbanidade, que o transformam em um cidadão querido pela sociedade porto-alegrense, na cidade em que escolheu para viver, frutificar, cuidar e ‘curar’, no sentido mais amplo da palavra”, afirma o vereador.

Texto: Cleunice Maria Schlee (estagiária de Jornalismo)
Edição: Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)