Cultura

Cia. Eduardo Severino dançará no Teatro Glênio Peres

O espetáculo premiado Bundaflor, Bundamor terá duas sessões, com entrada grátis, nesta sexta e neste sábado

  • Espetáculo de dança "Bundaflor, Bundamor" na IV Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres.
    Seis bailarinos e bailarinas encenam a coreografia (Foto: Ederson Nunes/CMPA)
  • Espetáculo de dança "Bundaflor, Bundamor" na IV Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres.
    A peça já foi apresentada em diversos espaços do Brasil e no Exterior(Foto: Ederson Nunes/CMPA)

A IV Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres, da Câmara Municipal de Porto Alegre, apresentará, nesta sexta-feira e neste sábado (24 e 25/8), às 19 horas, o espetáculo Bundaflor, Bundamor, da Eduardo Severino Cia. de Dança. Os ingressos, que são gratuitos, já estão disponíveis. ATENÇÃO: aconselhável para maiores de 16 anos.

Com duração de 45 minutos, Bundaflor, Bundaflor tem as nádegas como tema, propondo um olhar diferenciado sobre essa parte do corpo humano, sua constituição, seu desenho e suas possibilidades motoras, sem deixar de lado questões culturais. “A bunda brasileira, formada graças à herança genética africana, é massa carnal rebolante que mostra a nossa alegria mestiça em algumas manifestações mais originais”, afirma a companhia.

Eduardo Severino, Luciano Tavares, Mônica Dantas, Viviane Gawazee, Daniel Aires e Gabriel Martins abordam, com humor, o imaginário brasileiro sobre a bunda. Por meio do movimento de seus corpos, os bailarinos exibem “além da banalização dos elementos que compõem o real e o simbólico desse universo”. A trilha sonora fica por conta de canções como Nunca Me Diga Adeus, de Aracy de Almeida, e Piripipi, de Gretchen.

Bundaflor, Bundamor estreou em 2008 na Usina do Gasômetro e foi encenado em diversas cidades do Brasil e no Exterior. Esteve nos Teatros da Dança, Itália e Sérgio Cardoso (São Paulo-SP) e também em Florianópolis (SC), Rio Branco (AC), Recife (PE), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), Caxias do Sul (RS), Santiago (Chile) e Cidade do México. Em 2015, recebeu o Prêmio Braskem, no festival Porto Alegre em Cena.

Retirada de Ingressos

Os ingressos devem ser retirados na Seção de Memorial da Câmara (Avenida Loureiro da Silva, 255, térreo), das 9 às 17 horas, ou meia hora antes do início das apresentações no saguão do Teatro Glênio Peres, que fica no 2º piso do Legislativo da Capital. A entrada na Câmara é pelo pórtico da rua lateral. Assim como os ingressos, o estacionamento é gratuito. Informações: (51) 3220-4318.

Próximas atrações da IV Mostra

Agosto

Dias 24 e 25 – 19 horas - Bundaflor, Bundamor (dança) – 16 anos
Dia 31 – 15 horas – Chapeuzinho Vermelho (teatro infantil) - Livre

Setembro

Dia 1º - 15 horas – Chapeuzinho Vermelho (teatro infantil) - Livre
Dias 14 e 15 – 15 horas - O Hipnotizador de Jacarés (circo) – Livre
Dias 28 e 29 – 19 horas – Às Vezes, Eu Kahlo (dança) – 12 anos 

Outubro

Dias 5 e 6 – 19 horas - Pequeno Trabalho para Velhos Palhaços (teatro adulto) – 12 anos
Dias 19 e 20 – 19 horas – Espaço Arcabouço (circo) – Livre
Dias 26 e 27 – 19 horas – Alexandre Vieira e Banda (música) – Livre

Novembro

Dias 9 e 10 – 19 horas – Qual a Diferença entre o Charme e o Funk (teatro adulto) – 14 anos
Dias 23 e 24 – 19 horas - Velha Guarda da Praiana (música) – Livre
Dia 30 – 19 horas – Poéticas sobre Morte/Tempo/Vida (dança) – 12 anos

Dezembro

Dia 1º – 19 horas – Poéticas sobre Morte/Tempo/Vida (dança) – 12 anos
Dias 14 e 15 – 19 horas – Luminoso: Elias Barboza Quinteto (música) – Livre

Texto: Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)