Cultura

Espetáculo inspirado em Frida Kahlo será atração no Teatro Glênio Peres

As entradas, que são gratuitas, já estão disponíveis para retirada no Memorial da Câmara Municipal de Porto Alegre

  • Espetáculo de dança "Às vezes, eu Kahlo", na IV Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres.
    A bailarina Graziela Silveira interpreta um período difícil da vida da pintora mexicana(Foto: Ederson Nunes/CMPA)
  • Espetáculo de dança "Às vezes, eu Kahlo", na IV Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres.
    Espetáculo de dança "Às vezes, eu Kahlo", na IV Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres.(Foto: Ederson Nunes/CMPA)

A IV Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres, da Câmara Municipal de Porto Alegre, apresentará, nesta sexta-feira e neste sábado (28 e 29/9), às 19 horas, o espetáculo de dança Às Vezes eu Kahlo. A peça, uma produção da Aresta Cultural, tem coreografia e direção de Maria Waleska van Helden e Graziela Silveira como bailarina-intérprete. O diretor de cena é Denis Cafrune Gosch. Os ingressos já estão disponíveis. Entrada gratuita. Classificação: 12 anos.

O espetáculo retrata parte da vida da pintora mexicana Frida Kahlo (1907-1954), que se tornou símbolo de mulher libertária e revolucionária. O foco é sobre o período em que a artista ficou paralisada sobre uma cama, após sofrer um grave acidente de trânsito. Criativa e determinada a prosseguir sua trajetória, apesar das limitações físicas, ela constrói uma personalidade admirada e icônica. Com gestos contemporâneos e de dança flamenca, a obra incorpora e traduz ao máximo a cor e a dor de Frida, sua imobilidade e sua inquietação.

Ingressos

Os ingressos para Às Vezes, Eu Kahlo já podem ser retirados na Seção de Memorial (térreo da Câmara) das 9 às 17 horas, de terça a sexta-feira, ou meia hora antes do início das apresentações no saguão do Teatro Glênio Peres, que fica no segundo piso da Câmara (Avenida Loureiro da Silva, 255). Informações: (51) 3220-4318. Importante: à noite, o público deve entrar pelo pórtico da rua lateral. A portaria da rampa estará fechada.

Oficinas no sábado

Para o sábado (29/9) à tarde estão previstas duas oficinas gratuitas, com tradução em Língua Brasileira de Sinais (Libras) e máximo de 20 vagas. Às 15 horas, haverá aula de dança flamenca, com duração de uma hora. Em seguida, às 16 horas, será oferecida uma oficina de criação em dança contemporânea, com duas horas de duração. As duas atividades serão ministradas por Graziela Silveira, com assistência de Joice Rossato Lima e tradução em Libras de Joana Amaral. As inscrições serão feitas no local, 30 minutos antes. Quem precisar da tradução das oficinas em Libras deve reservar a vaga pelo e-mail aresta.cultural@gmail.com.

Próximas atrações da IV Mostra

Setembro
Dias 28 e 29 – 19 horas – Às Vezes, Eu Kahlo (dança) – 12 anos 

Outubro
Dias 5 e 6 – 19 horas - Pequeno Trabalho para Velhos Palhaços (teatro adulto) – 12 anos
Dias 19 e 20 – 19 horas – Espaço Arcabouço (circo) – Livre
Dias 26 e 27 – 19 horas – Alexandre Vieira e Banda (música) – Livre

Novembro
Dias 9 e 10 – 19 horas – Qual a Diferença entre o Charme e o Funk (teatro adulto) – 14 anos
Dias 23 e 24 – 19 horas - Velha Guarda da Praiana (música) – Livre
Dia 30 – 19 horas – Poéticas sobre Morte/Tempo/Vida (dança) – 12 anos

Dezembro
Dia 1º – 19 horas – Poéticas sobre Morte/Tempo/Vida (dança) – 12 anos
Dias 14 e 15 – 19 horas – Luminoso: Elias Barboza Quinteto (música) – Livre

Texto: Matheus Lourenço (estagiário de Jornalismo)
Edição: Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)