Plenário

Sessão Ordinária / Lideranças

Movimentação de plenário
Movimentação em Plenário nesta quarta-feira(Foto: Ederson Nunes/CMPA)

Na reunião ordinária da Câmara Municipal de Porto Alegre, nesta quarta-feira (12/9), vereadores e vereadoras abordaram os seguintes assuntos no perído de Lideranças: 

GRENAL – Tarciso Flecha Negra (PSD) cumprimentou os mais de 40 mil torcedores do Internacional e Grêmio que no domingo estiveram no Estádio Beira-Rio para torcer no Grenal. “Que maravilha. Pedimos tanto essa paz nos estádios, entre os torcedores pelo menos vimos isso”, destacou. O vereador lembrou ter sido jogador do Grêmio e disse que a intenção de um atleta não é só ganhar um jogo ou fazer gols, mas também passar coisas boas para as arquibancadas. Ele salientou ainda que, mesmo que tenham havido desavenças em campo, os torcedores não mudaram o comportamento: “Foram aquilo que esperamos”. E completou: “No futebol não cabe mais violência. Cabe o espetáculo”. (HP)

EXPRESSÃO - Aldacir Oliboni (PT) saudou a posse do suplente Leonel Radde (PT), lamentando relatos de ofensas e desrespeitos a discursos políticos. Reprovando ataques a posições políticas e ideológicas por governos, recordou que agentes políticos têm que ter lados definidos. É fundamental, portanto, que tenham plena liberdade para expressarem suas ideias e opiniões, principalmente ao assumirem seus mandatos. Ainda em seu discurso, criticou a insensibilidade do governo municipal para tratar de questões importantes para a população. Exemplificou com a não sinalização do prefeito em negociar com os servidores municipais e o projeto de alteração do IPTU. Para Oliboni, a atitude transfere parte da responsabilidade para a Câmara e onera o cidadão. (AM)

PROJETOS - Moisés Barboza (PSDB), comentando sobre a proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias, esclareceu que o projeto não beneficia nem privilegia certos vereadores. Acrescentando que se considerarem necessário haver propostas de algum tipo de isenção para pessoas mais pobres, podem inseri-las por emenda. Já sobre o tema IPTU, lembrou que o município de Canoas aumentou a arrecadação fiscal após aprovar alteração nas avaliações dos valores dos imóveis, que estavam defasados. Além disso, anunciou que solicitará a expulsão do governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), ao seu partido. “Não temos bandidos de estimação”, afirmou. O governador, que está sob investigação do STJ, foi alvo de uma operação de busca da Polícia Federal. (AM)

Textos: Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)
            Alex Marchand (estagiário de Jornalismo)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)