- Atualizada em 10/07/2017 09:20

Projeto que institui o Fundo de Segurança é enviado à Câmara

Proposta do Executivo tem como base um projeto do vereador Cassio Trogildo (PTB).

Posse do presidente Cassio Trogildo como Prefeito de Porto Alegre, com a participação do Presidente da Câmara em Exercício, Valter Nalgestein
Trogildo é prefeito interino e Nagelstein (d), presidente da Câmara(Foto: Tonico Alvares/CMPA)

O Projeto de Lei Complementar Legislativo que institui o Fundo Municipal de Segurança Pública (Fumseg), de autoria do vereador Cassio Trogildo (PTB) e aprovado pela Câmara Municipal de Porto Alegre, é o eixo do Projeto de Lei Complementar do Executivo municipal que está sendo encaminhado nesta sexta-feira (7/7) ao Legislativo. O envio da proposta ocorreu simultaneamente à posse de Trogildo como prefeito interino da Capital, em substituição ao prefeito Nelson Marchezan Júnior e seu vice, Gustavo Paim, que estão licenciados até domingo (9/7).

O projeto do Executivo prevê investimentos que serão voltados à implementação de políticas públicas de prevenção à violência no âmbito municipal ou utilizados em tecnologias, como câmeras, sistemas de detecção de tiros, equipamentos, viaturas, melhoria da infraestrutura, cursos e ações que possam melhorar os serviços prestados tanto pela Guarda Municipal quanto pelas forças de seguranças estaduais e nacionais.  

“O Poder Executivo tem atribuições maiores do que o Legislativo para esta proposta e, por isso, o governo municipal encampou nossa ideia”, disse Trogildo, após tomar posse. O vereador Valter Nagelstein (PMDB), presidente interino da Câmara, enfatizou a importância de um projeto na área da segurança pública. Já Paim destacou a integração entre os Poderes Executivo e Legislativo na Capital. “Temos conseguido, a cada dia, construir uma grande relação", destacou.

Texto: Lisie Venegas (reg. prof. 13.688)
Edição: Carlos Scomazzon (reg. prof. 7400)