Plenário

Estacionamentos terão 2% de vagas a pessoas com deficiência

  • Cerimonia de inauguração da Central Geradora Fotovoltatica CMPA no estacionamento da ala Oeste.
    Projeto estabelece garantia de vagas em estacionamento para pessoas com necessidades especiais(Foto: Tonico Alvares/CMPA)
  • Vereador Paulo Brum na tribuna
    Paulo Brum falou sobre sua proposta na tribuna do Plenário Otávio Rocha(Foto: Ederson Nunes/CMPA)

A Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou, em sessão extraordinária nesta quinta-feira (12/12), projeto de lei de autoria do vereador Paulo Bum (PTB) que altera a Lei 7.768, de 18 de janeiro de 1996, e estabelece que 2% do total das vagas - garantida, no mínimo, uma vaga - nos estacionamentos de locais de uso público ou privado (como supermercados, shoppings, hospitais, cemitérios, universidades, clínicas e estádios) serão destinadas a veículos conduzidos por pessoas com deficiência física ou que as transportem. Também foram aprovadas as emendas nº 1 e nº 2 ao projeto, que fazem adequações da lei municipal à legislação federal sobre o tema.

O autor justifica que a falta de vagas em estacionamentos, principalmente no centro da Cidade, devido ao elevado número de veículos que por ali transitam, requer um melhor planejamento e urbanização dos espaços de uso público. Segundo Paulo Brum, o projeto "visa, única e exclusivamente, à inclusão social das pessoas com deficiência, pois a reserva de mais vagas específicas, devidamente sinalizadas, para veículos conduzidos ou que transportem pessoas com deficiência, permitirá que elas se aproximem do convívio social, uma vez que a acessibilidade é condição de alcance para a utilização, com segurança e autonomia, total ou assistida, de espaços, mobiliários, equipamentos urbanos, edificações, transportes, dispositivos e sistemas e meios de comunicação e informação".

Texto

Carlos Scomazzon (reg. prof. 7400)

Edição

Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)