Plenário

Sessão Ordinária / Lideranças

Reunião para tratar da realização do carnaval oficial e carnaval de rua de Porto Alegre.
Vereador citou reuniões da Cece onde foram discutidas questões sobre o carnaval(Foto: Jeannifer Machado/CMPA)

Nesta quarta-feira (26/2), na sessão ordinária da Câmara Municipal de Porto Alegre, durante o período de Lideranças, vereadores e vereadoras abordaram os seguintes assuntos:

CARNAVAL - Engº Comassetto (PT) classificou como “vergonhoso para a cidade” episódios registrados durante o carnaval dos blocos em Porto Alegre. O vereador apontou que a Comissão de Educação, Cultura, Esportes e Juventuce (Cece) fez quatro audiências com o Executivo para tratar antecipadamente o tema do carnaval, tanto dos blocos como o descentralizado. “Foi acordado que até 21h os blocos desfilariam, as batucadas se recolheram, mas a juventude e a população ficaram”. Comassetto criticou a atitude das forças policiais: “entra o batalhão de choque jogando gás lacrimogêneo em todas as famílias que ali estavam, o Estado tem que organizar o equilíbrio entre moradores e a festa popular”. Ele lembrou o trabalho que é feito nos bairros além dos dias de festa - “Carnaval não é só três ou quatro dias, se trabalha o ano todos nas comunidades, com diversas oficinas de inúmeras profissões diferentes” - e solicitou que o prefeito libere as emendas impositivas propostas pelos vereadores antes que se inicie o calendário do carnaval descentralizado. “Temos que respeitar a cultura popular”.

 

Texto

Rian Ferreira (estagiário de Jornalismo)

Edição

Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)