Plenário

Projeto declara a Fundação Bichoterapia de utilidade pública

Vereadora Lourdes Sprenger na tribuna
Vereadora Lourdes Sprenger na tribuna do Plenário Otávio Rocha(Foto: Ederson Nunes/CMPA)

Tramita, na Câmara Municipal de Porto Alegre, projeto de lei da vereadora Lourdes Sprenger (MDB) que Declara de Utilidade Pública a Fundação Bichoterapia.  Instituição sem fins lucrativos, a Bichoterapia tem por finalidade desenvolver, estudar e incentivar práticas de interação dos animais às necessidades humanas, especialmente em tratamentos terapêuticos; proteger animais de quaisquer espécies, origem e situação, de tratamentos indevidos e que lhes causem ou possam causar sofrimento, fazendo valer seus direitos previstos na legislação brasileira e na Declaração Universal dos Direitos dos Animais das Organizações das Nações Unidas; sensibilizar e educar a sociedade para o cuidado com os animais; promover estudos e pesquisas; e, desenvolver métodos, técnicas e terapias sobre o tema, repassando o conhecimento obtido para a comunidade em geral.

Possui, ainda, como objetivo a promoção da habilitação e da reabilitação de pessoas com necessidades especiais, buscando sua integração à vida comunitária por meio da utilização de métodos, técnicas e terapias que envolvam a interação homem-animal, com realização de visitas, entretenimentos e momentos de lazer. Esta terapêutica é conhecida como Atividade Assistida por Animais (AAA), também chamada de “pet terapia” ou “zooterapia”.

"A Fundação tem como visão se posicionar perante a sociedade como uma alternativa diferenciada para o controle populacional de cães e gatos em ambiente urbano e utilizar a já conhecida habilidade dos mesmos como co-terapeutas na melhoria da qualidade de vida humana, buscando parcerias para a consolidação do trabalho social proposto até 2018. Apresenta como valores a ética e a transparência, o aperfeiçoamento constante, o foco, a criatividade, a gestão participativa e assertiva, a conduta íntegra e a solidariedade", relata a vereadora.

Texto

Matheus Lourenço (estagiário de Jornalismo)

Edição

Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)