Cosmam

Vereadores sugerem devolução de recursos para reabertura do Hospital Parque Belém

Reunião interna para avaliar a possibilidade de destinação das emendas impositivas já aprovadas na legislatura anterior para leitos do Hospital Parque Belém.
Reunião virtual da comissão foi hoje pela manhã(Foto: Ederson Nunes/CMPA)

A Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam) da Câmara Municipal aprovou, em reunião ordinária realizada virtualmente na manhã desta terça-feira (23/2), proposta da vereadora Cláudia Araújo (PSD) para o encaminhamento à Mesa Diretora de antecipação da devolução de recursos do Legislativo à prefeitura. O valor seria, conforme os vereadores, destinado às reformas necessárias para o funcionamento do Hospital Parque Belém, caso se confirme a possibilidade de requisição daquela instituição pelo prefeito Sebastião Melo. Na manhã da segunda-feira (22/2), prefeito, secretários e parlamentares visitaram o local.

Cláudia Araújo disse acreditar que, no momento, o hospital só tenha condições de receber pacientes pós covid, pois dispõe de leitos em boas condições de acomodação. Já a alimentação, explicou, deve ser feita e entregue pronta no local, porque a cozinha necessita de reformas. Sobre a abertura de UTI, a parlamentar informou que na visita foi constatada necessidade de reforma e reposição de equipamentos, alguns requisitados pela prefeitura para reforçar leitos em outros hospitais. Informou, ainda que, segundo informaram o prefeito e técnicos da saúde, no caso da requisição do local os débitos anteriores ficam mantidos com os antigos gestores. Dessa forma, relatou aos colegas da Cosmam, poderão surgir parceiros da área privada interessados em formalizar convênio com o Executivo.

Outro problema levantado pela vereadora do PSD foi o da falta de rede de esgoto no local. “A informação é de que há uma subestação que trata e joga direto no rio, mas é preciso saber se está em perfeito estado de operação, para não causar dano ambiental”, justificou.

Emendas impositivas

De acordo com o presidente da Cosmam, vereador Jessé Sangalli (Cidadania), a medida foi uma alternativa à sugestão apresentada ontem (22/2) pela vereadora Comandante Nádia (DEM), durante a visita ao local. Lá a parlamentar teria sugerido a possibilidade da Cosmam liderar um movimento junto a todos os vereadores para a conversão de todas as emendas impositivas aprovadas no final do ano passado para a saúde. Os vereadores, no entanto, entenderam que o melhor seria a antecipação da devolução dos recursos, o que será sugerido à Mesa Diretora.

Secretário

Na próxima quinta-feira pela manhã, o secretário municipal de Saúde, Mauro Sparta, irá receber os integrantes da Cosmam. “Esse encontro vinha sendo demandado pelos parlamentares e durante a visita ao Hospital Parque Belém foi feita a cobrança, com a posterior marcação da agenda”, disse o presidente da comissão.  

Um documento com prioridades de temas levantados pelos vereadores será entregue ao titular da Saúde. Entre os assuntos, a situação da imunização contra a Covid, do reaproveitamento de servidores demitidos do Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf), do pedido de 50% de insalubridade para os trabalhadores na linha de frente do combate à pandemia, do atraso no pagamento de salário por empresas terceirizadas e da gestão do Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul (PACS). Participaram da reunião da Cosmam também os vereadores Aldacir Oliboni (PT), José Freitas (Republicanos), Lourdes Sprenger (MDB) e Psicóloga Tanise Pazzim PTB).

Texto

Milton Gerson (reg.prof. 6539)

Edição

Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)